Principais dúvidas sobre o mergulho

Está interessado em fazer mergulho?

Saiba que essa ideia é realmente muito interessante.

Afinal, os benefícios do mergulho são vários!

O mergulho alivia o estresse e as tensões, ajuda a melhorar a capacidade respiratória e tonifica os músculos.

Ele ainda promove uma sensação de relaxamento ao corpo, graças ao balanço e à brisa do mar, fatores imprescindíveis para esse bem-estar.

O próprio contato com a natureza e com a vida marinha é capaz de nos proporcionar calma, paz e tranquilidade, pode apostar!

Então, se é isso que está procurando, pode ter certeza que esse artigo é para você.

Hoje, você vai conhecer as 7 principais dúvidas sobre o mergulho, para assim ter a chance de esclarecer tudo aquilo que talvez esteja deixando você inseguro para tomar essa decisão.

Vamos à leitura?

7 principais dúvidas sobre o mergulho

De todas as dúvidas que os aspirantes ao mergulho costumam ter, essas que vou mostrar aqui são com certeza as principais.

Isso significa que ao esclarecê-las, provavelmente você vai entender mais sobre a atividade.

Quer conhecer as 7 principais dúvidas sobre o mergulho?

Então vamos lá!

Dúvida 1: Quem pode mergulhar?

Quem pode mergulhar?

As crianças a partir dos 8 anos de idade já podem fazer o Bubblemaker, um programa divertido, seguro e fácil da PADI, a principal certificadora de mergulho do mercado.

Com 10 anos, porém, elas já podem apostar no curso básico.

O mergulho é uma atividade ótima para se fazer em família.

Através do mergulho, seus filhos vão conhecer o fundo do mar e compreender a importância de preservarmos o meio ambiente.

Conscientização ambiental, disciplina e superação são alguns dos benefícios do mergulho para seus filhos.

Não existe um limite de idade, mas todos os interessados precisam preencher obrigatoriamente um questionário médico.

Caso você responda “sim” para alguma das perguntas, será preciso apresentar um atestado médico na escola que escolher para fazer o curso.

E se você é casado(a) ou namora, pode apostar em fazer o mergulho junto com o seu(a) parceiro(a).

Por ser feita em dupla, a atividade é uma ótima oportunidade para aumentar ainda mais o entrosamento entre vocês!

Já imaginou uma declaração de amor subaquática?

Dúvida 2: O mergulho é perigoso?

Mergulho é perigoso?

Mergulho é um esporte de aventura e como tal envolve alguns riscos.

Mas se você respeitar as regras de segurança, se qualificar e cuidar dos seus equipamentos nada de ruim irá acontecer.

O mergulho é dos esportes de aventura mais organizados do mundo.

Além das regras, existem vários níveis de treinamento que vão te preparar para os diversos tipos de mergulho.

Quer fazer um mergulho profundo,um mergulho em naufrágio ou até explorar uma caverna?

Fazendo os treinamentos corretos, obedecendo os instrutores e guias locais, e respeitando o mar, acima de tudo, você garantirá a segurança do seu mergulho.

Segundo o relatório da DAN Brasil – Dive Alert Network, desde a década de 1990 nós tivemos 33 fatalidades no mergulho com brasileiros, ou seja, um número muito baixo se comparado com o número de mergulhos realizados anualmente aqui no Brasil.

Dúvida 3: Os animais marinhos atacam?

Animais marinhos atacam?

No mergulho, você vai ter contato com pequenos peixes coloridos, cardumes e outras belezas do fundo do mar.

Apesar desses animais não serem perigosos, é importante não tocar neles, pois alguns são venenosos e podem te ferir.

Mas a vida marinha costuma ser um pouco medrosa e normalmente acabam até fugindo da gente, pois dentro da água somos grandes, fazemos barulho e soltamos bolhas.

De qualquer forma, você vai conseguir apreciar algumas mais de perto, como os as tartarugas e até as raias, por exemplo.

Fora isso, é só aproveitar muito o seu mergulho e todas as belezas do mar!

Certeza que deve estar pensando nos tubarões, acertei?

Pra te deixar mais tranquilo, saiba que não existem registros de ataques de tubarões aos mergulhadores no nosso país.

Os tubarões são animais fantásticos.

A regra geral é não tocar e não se aproximar.

Os animais marinhos atacam quando se sentem ameaçados.

Portanto, seguir as regras e conhecer bem o mar é importante para evitar qualquer acidente, por mais que esse tipo de risco seja bem pequeno.

Dúvida 4: Quanto tempo posso ficar debaixo d’água?

Quanto tempo posso ficar debaixo d'água?

Para ficar embaixo d’água, você vai precisar de um equipamento scuba, ou seja  que permita que você respire.

Ele possui um cilindro de alumínio ou aço preso a um colete equilibrador que é colocado como se fosse uma jaqueta.

Por meio de um regulador, o ar do cilindro é levado até a sua boca de maneira bem suave.

E para saber exatamente a quantidade de ar do cilindro, basta verificar seu manômetro.

Mas você deve estar se perguntando quanto tempo dura o ar do cilindro?

Basicamente, a duração do seu ar vai depender de 2 fatores:

  • seu consumo de ar
  • profundidade

Seu consumo de ar está ligado diretamente com seu controle respiratório.

Quando iniciamos na atividade do mergulho é normal ficarmos ansiosos e isso deixa a nossa respiração ofegante, aumentando nosso consumo.

Os praticantes do yoga, apresentam uma vantagem na hora de mergulhar, pois apresentam quase sempre um ótimo controle respiratório.

Assim, o mergulhador que consome mais ar acaba rapidamente com o cilindro.

Mas é a profundidade o fator que mais impacta a duração do ar do seu cilindro.

Ao nível do mar, toda a camada de ar da atmosfera gera uma pressão de 1 atm.

No mar, a cada 10 metros temos mais 1 ata.

Ou seja, quanto mais fundo eu vou maior será a pressão ambiente.

Isso afeta a densidade do ar e na hora da respiração você consumirá mais moléculas de ar.

Num mergulho no naufrágio a 30 metros temos 4 ata de pressão ambiente e isso vai fazer seu consumo ser 4 vezes maior.

Outra coisa, que você vai aprender quando for fazer o seu curso de mergulho é que durante o mergulho precisamos respeitar o limite não descompressivo.

Você deve estar se perguntando o que é isso?!

Limite não descompressivo é limite máximo de tempo que podemos passar em cada profundidade para garantirmos a segurança de nosso mergulho.

Diferente do que muitos imaginam, quando mergulhamos nós respiramos ar, que é  composto por 79% de nitrogênio e 21% de oxigênio.

Quando respiramos ar sob pressão nosso corpo absorve nitrogênio e por isso é chamado de gás inerte.

Nosso corpo tem um limite de nitrogênio que ele tolera e para não termos a tal da doença descompressiva precisamos mergulhar dentro desse limite.

Mas não pense que isso é super complicado.

No passado a gente tinha que fazer vários cálculos para planejar e acompanhar nossos mergulho, mas hoje existe o computador de mergulho, que faz isso sozinho e nos avisa dos tempos durante o mergulho.

Dúvida 5: Quais são os equipamentos usados no mergulho autônomo?

Preciso comprar meu equipamento de mergulho?

O mergulho autônomo é aquele em que o praticante alcança profundidades maiores e fica submerso por um longo período de tempo.

Isso acontece porque ele utiliza o equipamento scuba, que proporciona ar para você respirar embaixo d’água, bem diferente do mergulho livre, onde você mergulha apenas com o ar dos seus pulmões.

Os equipamentos usados nesse caso são:

Equipamentos de Mergulho

Dúvida 6: Preciso ter meu próprio equipamento?

Quais equipamentos vou usar no mergulho

É sempre bom ter o seu próprio equipamento de mergulho, da mesma forma que é mais interessante usar o seu carro ao invés de um alugado.

Pegando esse exemplo, caso opte por alugar um veículo, dificilmente saberá se a manutenção está em dia e também como ele funciona nas suas particularidades, concorda?

Mas se for usar o seu carro próprio, você vai saber exatamente em quais condições ele está e também a melhor forma de dirigi-lo.

Funciona da mesma forma com o equipamento de mergulho.

Considere que você sempre vai perder alguns minutos para se adaptar aos itens que não conhece.

Fora isso, é importante avaliar quantas vezes vai mergulhar no ano, pois esses equipamentos parados também estragam.

De qualquer forma, caso prefira alugar os equipamentos para o mergulho, tenha a certeza de que a empresa que vai contratar é séria, correta e ética.

Assim, é muito mais garantido que os itens estejam em ordem e em boas condições de uso.

Dúvida 7: Como começo no mergulho?

Como virar um mergulhador?

Se você quer experimentar a atividade para saber se gosta, o ideal é o batismo de mergulho.

Através do batismo de mergulho você irá mergulhar acompanhado de um instrutor de mergulho.

De acordo com as regra internacionais de segurança, o mergulho de batismo só pode ser feito até 12 metros de profundidade.

Normalmente as operadoras de mergulho escolhem pontos  com condições bem parecidas a de uma piscina, como enseadas e piscinas naturais.

Atenção, essa modalidade não é um curso. Isso significa que quando quiser mergulhar outra vez vai ter que realizar novamente o batismo.

Mas se você quiser ir fundo na atividade e explorar mais o fundo do mar o indicado é você fazer um curso básico de mergulho.

Fazendo esse curso você vai virar um mergulhador certificado, ou seja, ter receber uma carteirinha de mergulhador.

A grande vantagem de você fazer o curso é que não vai precisar mergulhar de mão dado com um instrutor.

Além disso, ficará habilitado a mergulhar até 18 metros de profundidade.

Clique aqui para ver algumas escolas indicadas pela PADI.

Essas foram as 7 principais dúvidas sobre o mergulho.

E se você ficou interessado, que tal apostar em um curso básico?

Clique aqui para mais informações.

Você tem alguma outra dúvida ou curiosidade?
Deixe aqui seu comentário que nós responderemos para você! 😀

FAÇA SEU CURSO DE MERGULHO

E traga mais diversão para sua vida! Isso sem contar nos diversos benefícios para a sua vida!

Deixe seu comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação de