Quando imaginamos uma saída de mergulho logo pensamos em um dia de verão super ensolarado e um lindo mar, como o de Maceió, não é? 

Mas, e num dia chuvoso: preciso cancelar meu mergulho?  

Essa é a pergunta de muitas pessoas que estão iniciando no mergulho: quais os fatores que podem atrapalhar as saídas de mergulho? 

Esse tema é bem interessante e influencia muito a atividade, uma vez que, para aproveitar ao máximo o mergulho, precisamos de fatores climáticos e outras condições favoráveis à sua prática.

Existem fatores externos como o vento, a chuva, a maré e a visibilidade da água que vão definir se a saída de mergulho é possível ou não. E vamos explicar o porquê de cada um deles tanto influenciar as saídas. 

Pronto(a) para mergulhar fundo? 🙂

#1 Visibilidade da água:

A visibilidade pode ser definida como a distância para qual perdemos uma referência. Esse conceito é bem relativo. Pois, infelizmente, não existe um padrão para a medida.

Para uma pessoa, pode ser suficiente que ela veja grandes estruturas no mar, como, por exemplo, pedras e naufrágios. Enquanto para outra, uma boa visibilidade seria aquela que permite ver detalhes a uma distância razoável, como peixes e outros animais marinhos.

Mas, tudo depende do objetivo de quem pretende observar algo. Normalmente, o grande objetivo dos mergulhadores recreativos é observar a vida marinha, então, uma boa visibilidade, neste caso, é aquela que permite ver alguns detalhes a uma certa distância.

A visibilidade é diretamente afetada pela quantidade de partículas em suspensão presentes na água e pela profundidade do lugar.  

Sobre a profundidade, a visibilidade pode variar de 0 a -60m, e possui relação inversa com a quantidade de luz solar presente: quanto mais fundo, menos a luz do sol consegue penetrar e mais escura a água fica.

Enquanto a quantidade de partículas em suspensão depende, por exemplo, do movimento das águas.

Imagine um animal marinho, em um lugar muito raso, tocando o fundo: os sedimentos serão levantados com maior facilidade, correto? Correto! E isso serve para o movimento de embarcações e, até mesmo, das nadadeiras de um mergulhador. Ou seja, quanto mais movimento na água, mais partículas que estão no fundo podem ser levantadas, ficando suspensas por um tempo.

#02 Ventos:

O vento é um dos principais fatores que atrapalham as saídas de mergulho, pois os ventos são criadores de ondas e correntezas, que fazem o mar ficar agitado e sem visibilidade. 

Para mergulhar, é ideal que os ventos estejam, no máximo, em 10 ou 15 km/h.

Acima disso, o mar ficará revolto, ondas serão formadas e a navegação fica insegura.

Em condições como a citada acima, o ideal é que não haja saída de mergulho. Assim, nos mantemos em segurança e não arriscamos estragar a experiência de quem vai mergulhar.

Um dica, é acompanhar os alertas de Marinha do Brasil.

Ela faz o monitoramento constante e sempre emite alertas de Ressaca de Mar quando há uma condição insegura para a navegação.

Baixe o app Boletim ao Mar e fique ligado(a).

#03 Maré:

As correntezas são um dos fatores mais importantes a serem levados em consideração na hora de praticar o mergulho.

Dependendo do local e da maré, a força das águas pode ser grande o suficiente para deslocar os mergulhadores para alto mar ou para locais a quilômetros de distância do seu ponto original.  

Isso acontece principalmente em ilhas.

No caso dos mergulhos em piscinas naturais ou mais próximos a costa, é importante mergulhar no horário da maré baixa, pois é quando há menos movimento da água e melhor visibilidade.

 #04 Chuva:

A chuva não atrapalha o mergulho. Tampouco afetará na visibilidade da água, a não ser que seja uma chuva tão forte que seu volume d’água seja capaz de “mexer” com o fundo do mar e/ou seja uma chuva acompanhada de ventos fortes. 

Para quem está fora, pode não ser tão divertido. Mas, para quem está mergulhando não fará diferença alguma.

A questão é que, muitas vezes, as chuvas chegam acompanhadas de fortes ventos. E como antes dito aqui, os ventos são formadores de ondas e correntezas. Então, não precisa se desesperar ao ver uma chuvinha caindo numa saída de mergulho! Primeiro analise a velocidade dos ventos para saber se terá saída de mergulho ou não. 

Estes são os quatro principais fatores que podem atrapalhar as saídas de mergulhos. 

Agora que você os conhece, fica mais fácil para responder a pergunta no começo do post: preciso cancelar a saída de mergulho ao ver uma chuvinha caindo. Caso a velocidade dos ventos esteja ok, apenas embarque com amigos numa saída de mergulho com a equipe Let’s Dive! 😉 

O QUE DEVO LEVAR EM CONSIDERAÇÃO ANTES DA MINHA SAÍDA DE MERGULHO?

Antes disso, vale a pena interpretar o tipo de mergulho que será feito e suas habilidades específicas. Bem como estudar o seu ponto de mergulho, seus equipamentos e características. 

O planejamento de mergulho é sempre necessário e garante que a sua saída de mergulho seja 100%

É importante atentar-se a outros detalhes, como a coloração da água, que também pode indicar a sua boa visibilidade. Pois é! Águas esverdeadas e amarronzadas mostram a presença de sedimentos suspensos. Quanto mais azul estiver o mar, melhor estará a visibilidade. Você sabia disso, diver? 

O mergulho também é um ótimo momento para  relaxar, fazer amizades e participar de atividades ecológicas. Uma das regras do mergulhador consciente é a de não tocar em nada lá embaixo, apenas levar as fotos. Respeitar o reino subaquático é primordial! 

Vale lembrar que o mergulho é uma atividade muito segura e suas regras existem para garantir o bem estar de toda a vida subaquática. E a nossa também, claro. 

Por fim, mas não menos importante: aproveite!

Isso, aproveite a sua experiência de mergulho ao máximo. Cada mergulho deve ser vivido como um momento único, nada será igual… ainda que no mesmo ponto de mergulho. A mãe natureza tem dessas, diver! 😀 

Ei, ficou alguma dúvida? Deixe um comentário! E para não perder nenhuma novidade, inscreva-se também em nossa newsletter no box ao lado.

Ah! Caso tenha curtido o post, compartilhe nas redes sociais e marque os amigos. 🙂

Você já mergulhou em Maceió?

Conheça as opções de mergulhos que temos para você aqui na Let’s Dive

Deixe seu comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação de