viagem de mergulho

Mergulhar é uma experiência única. Sempre. Pois, debaixo d’água, há um universo totalmente novo a vivenciar, com formas, cores e texturas impressionantes.

É a grande oportunidade de conhecermos – ao vivo – o reino subaquático, frequentemente apresentado em filmes e fotos.

Uma das melhores coisas que o mergulho pode proporcionar é a oportunidade de fazer viagens para conhecer lugares sob uma nova perspectiva e de viver experiências incríveis, super fato!

O turismo com mergulho é o combo perfeito. A verdade é que uma viagem de mergulho é uma ótima opção até para quem não sabe nadar.

Até porque água só faz bem, não é, diver? 🙂

Mas antes de embarcar em uma viagem de mergulho, é necessário que ela seja planejada com cuidado.

Por exemplo, em meio ao paraíso que você escolheu como destino, se perder na quantidade de atrações turísticas não é uma opção, certo? Certíssimo!

A resposta é – sempre – se encontrar e viver ao máximo a experiência, ainda que atrações ou distrações mil existam. 

Então, pronto para mergulhar fundo nas dicas para a sua viagem de mergulho ser perfeita? Vamos lá! 😉

#1 – COM QUEM POSSO FAZER A MINHA VIAGEM DE MERGULHO?

A primeira regra do mergulho recreativo, e que você já deve ter aprendido no seu curso de mergulho, é: nunca mergulhe sozinho!

É super necessário ter sempre a companhia de um “dupla”, que pode ser um amigo mergulhador ou algum colega que esteja junto à você na operação.

 Uma opção bem legal é participar de viagens organizadas por escolas de mergulho – opa, quem nos chamou?

 Geralmente, para que elas aconteçam, são formadas turmas com uma quantidade interessante de pessoas – com diferentes níveis e experiências, e isso é massa! –  para conhecer algum ponto de mergulho.

 Sem dúvidas, essa é uma ótima forma de fazer novas amizades com pessoas legais!

 Outra grande vantagem de viajar com uma escola de mergulho – opa, “tamo” aqui de novo! – é não ter que se preocupar com as questões mais práticas, como hospedagem, transporte, planejamento e a operação do mergulho.

 Easy does it, né não, diver? Super considere esta dica como a mais importante, bem como viajar com a gente! :p

#2 – PARA ONDE POSSO IR?

Claramente, você pode considerar o mundo todo como resposta. E isso pode confundir a sua cabeça. Escolher com certeza e segurança o seu ponto de mergulho faz toda diferença.

A única preocupação que você precisa ter mesmo é a de escolher um bom destino e a melhor época para realizar a sua viagem.

A escolha do ponto específico do seu mergulho dependerá das condições climáticas do dia e o ideal é deixar essa responsa para a escola de mergulho com que você está viajando.

O nosso país é bem privilegiado com belos lugares e riqueza em abundância em termos de vida marinha. Prontamente, destinos incríveis no Brasil para fazer uma viagem de mergulho é o que não falta!

Inclusive, você já considerou Maceió como destino?

Como dito no comecinho da dica, você pode – e deve – pensar em se aventurar fora do país, uma vez que o certificado dos cursos PADI de mergulho te possibilita mergulhar em qualquer parte do mundo!

Existem muitos hotspots de mergulho ao redor do mundo que são verdadeiros investimentos enquanto escolha, como Bonaire. Considere super!

#3 – COMO DEVO PLANEJAR O MEU MERGULHO?

Você aprendeu, durante as aulas do seu curso de mergulho, que todo mergulho deve ser previamente planejado. Correto, diver?

Assim sendo, você deve levar em consideração a tabela da PADI. Definir qual a profundidade deseja atingir e qual vai ser o seu tempo de fundo, para verificar na tabela o seu grupo de pressão.

Lembre-se também de calcular o seu intervalo de superfície, e de aproveitar esse breve descanso para comer e se hidratar

 Seguindo o seu o tempo de intervalo de superfície, observe na tabela qual é o grupo de pressão atual. Em seguida, estabeleça a profundidade do próximo mergulho.

 Um passo de cada vez.

Dessa forma, é possível saber qual é a taxa residual de nitrogênio e o novo limite descompressivo.

Vamos evitar problemas, diver? Lá vai: a soma do tempo de fundo que você desejar com a taxa de nitrogênio residual deve ser menor que o novo limite descompressivo. 😉

#4 – DEVO SEGUIR REGRAS ANTES DO MERGULHO?

Sim, claro! O planejamento da sua viagem de mergulho não se restringe apenas à escolha do local, da época ou da escola de mergulho.

É importante ficar atento a algumas regrinhas para aproveitar ao máximo o mergulho e evitar possíveis contratempos, vale a pena considerar:

  • ·         Atualize-se:

Você deve verificar o quanto domina certas habilidades, como o controle da respiração e da flutuabilidade. O seu último mergulho aconteceu há muito tempo? Um curso de atualização para mergulhadores é uma ótima pedida, aposte!

  • ·         Saúde sempre em primeiro lugar:

Uma alimentação balanceada e um bom descanso garantem muita coisa, evitar bebidas alcoólicas e exercitar o seu condicionamento físico e muscular, então… indispensáveis para que o seu mergulho e desempenho sejam 100%!

  • ·         Manutenção do equipamento:

Atentar-se ao estado do seu equipamento é importantíssimo, diver! A manutenção tem que estar em dia. Antes de se jogar fundo na água, confira se está tudo ok com ele.

#5 – E DURANTE O MERGULHO, TAMBÉM DEVO SEGUIR REGRAS?

Imagem do artigo Beginners Guide to Buying a Mask do blog da PADI

Com certeza, diver. É necessário seguir alguns passos enquanto submerso no azul, curtindo toda a vida marinha. Eles começam com a palavrinha RESPEITAR, vamos conferir? 🙂

  • ·         Respeitar o seu ritmo é necessário:

Numa viagem de mergulho – por conta das expectativas, principalmente – é muito normal que você se sinta tenso, aflito ou ansioso. Relaxe! Siga o seu ritmo e realize os mergulhos dentro do seu limite.

  • ·         Respeitar a natureza é essencial:

Evitar o contato com plantas e as demais espécies marinhas é essencial para a segurança do seu mergulho e evita perturbações ao ecossistema local – apenas olhe, não toque!

Tirar do fundo do mar? Nem pensar! Todo mergulhador sabe disso, mas não custa repetir: você quer uma lembrança? Poxa, diver, aposta no Curso de Fotografia Subaquática! As fotos durarão para sempre – assim como o seu conhecimento – e a vida marinha permanecerá intacta.

“Todo mundo” sai ganhando! 😉 

No mais, a atenção aos detalhes é receita de uma viagem de mergulho bem-sucedida. Pense com calma no destino, avalie as vantagens do mesmo e reúna os amigos divers para embarcar numa nova aventura!

Siga as nossas dicas e não esqueça: o legal mesmo é não deixar de mergulhar e aproveitar os momentos únicos que só o mergulho é capaz de proporcionar, diver.

Ah, fique de olho nos pacotes de viagens de mergulho que são ofertados. Afinal, para embarcar numa viagem de mergulho é necessário dar o passo inicial, que começa com o querer!

Você tem alguma dúvida, diver? Deixe um comentário. E para não perder nenhuma atualização, assine a nossa newsletter no box ao lado.

Até a próxima viagem, diver. Eita! Digo, próximo post. 😀

QUER EMBARCAR NUMA AVENTURA COM A GENTE?

Confira as nossas saídas de mergulho!

Deixe seu comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação de